FORA DO PADRÃO

Em 2012, prestes a completar 18 anos de história, era hora de revisar nosso posicionamento e nossa marca. Até pouco tempo, as marcas eram apenas assinaturas visuais utilizadas para reconhecimento das empresas. Hoje tornaram-se plataformas, que representam uma série de ideias e valores, que buscam criar experiências e forte ligação emocional com o público.

Acreditamos que as empresas evoluem assim como as pessoas, e precisam estar ligadas a este novo mundo conectado, digital e plural. O objetivo do redesenho da marca CDA era claro, traduzir visualmente a essência da empresa e ao mesmo tempo encontrar um sistema que representasse a pluralidade das atividades. A busca era por um design vivo e mutante como é nosso dia-a-dia.

Pessoas tem estilo próprio, sua forma de vestir, de ser, que vai evoluindo e mudando conforme amadurecem, encontram outras pessoas, viajam, vivem.

Da mesma forma as marcas são organismos que precisam se adaptar e mudar conforme o mundo ao seu redor evolui. Alguns bons exemplos:

Logotipos da marca icônica do Google / 2009 (Imagem: MWM Graphics)

Marca da cidade de Melbourne (Imagem: Landor Associates)

Nossas pesquisas, planejamento e desenho resultaram em uma marca sem um preenchimento padrão: ela é uma janela aberta, de onde podemos visualizar muitas realidades.

Identidade aberta da CDA sugere que cada indivíduo faz parte da marca e pode preencher a empresa do seu jeito

Esta ideia de abertura, de novas possibilidades, de ser preenchida por muitas coisas, traduz a maneira como enxergamos o design e nossa função na sociedade. Quando trabalhamos com branding, design e arquitetura estamos sempre a nos colocar no lugar do outro. A empatia é fundamental, enxergar sob outras óticas para se chegar ao ponto certo de cada projeto.

Acreditamos que o mundo precise de pessoas e empresas enxergando novos horizontes, buscando soluções mais equilibradas para a humanidade e o planeta.

A identidade aberta também sugere que cada indivíduo faz parte da marca e pode preencher a empresa do seu jeito, contribuir com a sua individualidade. Desta forma o desenho da marca e o posicionamento da empresa se fundem, uma empresa que enxerga muitas possibilidades buscando o melhor para as pessoas: CDA Branding & Design for People.

* Artigo publicado originalmente no site Adnews em agosto de 2014.

DANIELA LOMPA NUNES

Diretora de Estratégia e Branding, possui extensa experiência na criação de programas de identidade visual que traduzem a estratégia de marca em expressão e experiência. Interessada pelo comportamento humano, acredita que as empresas possuem papel fundamental na evolução do mundo.


Os artigos apresentados e assinados não refletem necessariamente a opinião da CDA Design, mas demonstram a diversidade de ideias que respeitosamente defendemos.

CDA DESIGN © 2020   |    TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.